Pular para o conteúdo

Rock in Rio: Conheça os shows mais marcantes do festival

Escrito por


O grande festival, Rock In Rio, está quase chegando

Um dos maiores festivais de música do mundo está chegando. Mais precisamente dias 27, 28 e 29 de setembro e 03, 04, 05 e 06 de Outubro o Rock in Rio vai invadir o Brasil.

Mas como já estamos ansiosos por aqui, vamos fazer um aquecimento relembrando os shows mais marcantes do festival aqui no Brasil. Confira e prepare seu coração.Rock in Rio: Conheça os shows mais marcantes do festival - Ombrelo

 

Queen – 1985

Acredita-se que a apresentação no RIR em 1985 foi uma das mais importantes para a banda. Queen estava promovendo o álbum “The Works”, lançado em 1984 e diante de 250 mil pessoas, o que acabou sendo o maior público de sua carreira, e cantou músicas como “Tie Your Mother Down” e passou por clássicos como “Bohemian Rhapsody” e “Seven Seas Of Rhye”.

Um dos momentos mais marcantes foi a versão voz e violão de “Love Of My Life”, cantada por todo o público.

 

James Taylor – 1985

O cantor protagonizou um dos momentos mais emocionantes da primeira edição do Rock in Rio. Na época, James Taylor era viciado em heroína, enfrentava um divórcio e pensava em abandonar a carreira após a apresentação.

Mas após o show caloroso e a recepção do público, que a princípio torceu o nariz, o público de 250 mil pessoas fez James mudar de ideia. Ele até escreveu a música “Only a Drean in Rio”, que dizia “Eu estava lá naquele dia e meu coração voltou à vida”.

 

ROCK IN RIO 2019: guia completo do festival

Paralamas do Sucesso – 1985

Muitos brasileiros marcaram a história do Rock in Rio, a banda Paralamas do Sucesso faz parte dessa história. Na época, os Paralamas já eram considerados para muita gente como a principal banda brasileira que já tinha pisado e tocado no palco do festival.

 

Barão Vermelho – 1985

Nas apresentações anteriores a de Barão Vermelho, como Kid Abelha e Eduardo Dussek, foram alvo de ataques de metaleiros que estavam esperando as atrações internacionais. Mas Barão Vermelho passou por cima de tudo isso e foi aplaudido, fazendo uma de suas mais marcantes apresentações.

Cazuza, o vocalista, aproveitou a performance de “Pro Dia Nascer Feliz” e representou uma geração que queria falar, cantar e gritar o que quisesse, especialmente após a ditadura.

 

Guns N’ Roses – 1991

A segunda edição do Rock in Rio contou com uma apresentação de Guns N’ Roses que entrou para a história. Eles eram na época uma das maiores bandas de rock do mundo e trouxeram uma formação respeitável.

Ah, teve até Pedro Bial de comentarista elogiando o shortinho de Axl Rose.

 

Red Hot Chili Peppers – 2001

Porém, há controvérsias dessa informação. Há quem diga que o show de 2001 foi excelente, mas outras pessoas falam que não foi bem assim.

Explico os dois lados. Muitas pessoas consideram que a década de 90 foi sombria para o Red Hot e que o álbum Californication salvou a história da banda e fizeram um grande show.

Outros dizem que o show decepcionou, pois o set list não foi bem pensado e a apresentação foi morna, sem ritmo de show. Por via das dúvidas, eles vão entrar aqui!

 

Foo Fighters, Rio de Janeiro, 2001

A banda foi muito bem recebida pelo público. Muitos sucessos, aniversário de Dave Grhol e muita animação. Rolou até bolo no palco e coro do público festejando o aniversário do vocalista da banda.

 

Cássia Eller – 2001

A apresentação da cantora foi considerada uma das melhores do dia. Música com roupagens inusitadas e versões mais explosivas. Clássicos como “Malandragem” e “Segundo Sol” e alguns covers que deixaram o público louco, como a versão da música “Smell Like Teen Spirit do Nirvana”, arrancando elogios de Dave Grhol, que ouvia a versão nos bastidores e também  aproveitou o show que viria em seguida.

 

Coldplay – 2011

O show da banda britânica foi foi, nada mais nada menos, que considerado o melhor da edição de 2011. Até o próprio Roberto Medina afirmou que concordava com isso.

No show teve tombo de Chris Martin, quatro palavras do vocalista em português (esquerda, direita, fundão e frente, claro que do jeito dele de falar), teve Chris pixando a estrutura do palco duas letras e um coração: RIO. Precisa de mais o que?

A banda estava em turnê com o álbum Mylo Xyloto e provavelmente foi essa foi a melhor apresentação de 2011.

 

Beyoncé – 2013

Ela, a deusa do pop, marcou o festival de 2013 em uma elogiada performance com inúmeras coreografias, uma série de figurinos e vídeos muito produzidos. Desde a primeira música, “Run The World”, a diva cativou o público, mas depois de dançar “Lek Lek”, um funk que estava na época, levou o público ao delírio.

 

Queen + Adam Lambert – 2015

Queen retornou, mas sem Freddie Mercury, porém o cantor Adam Lambert assumiu os vocais e representou bem! A banda e o público respeitaram Freddie e, Adam Lambert como ele mesmo declarou, preferiu não cantar “Love of My Life”. Esse momento foi conduzido por Brian May, com violão e a voz do público. 

 

Katy Perry, Rio de Janeiro, 2015

Katy Perry fez um show como muitos esperavam e até houve comparações com o de Rihanna, na noite anterior. Só que Rihanna passou o show todo apenas com um figurino e não teve aquela emoção de produção. Muitas pessoas usam a defesa de que Riri estava se divertindo ao fazer o show, mas para os críticos isso não colou. 

Já Katy fez um show colorido e animado. A cantora se emocionou em um momento acústico da turnê “The Prismatic World Tour”. Ela disse: Esse é o nosso maior show. Por que o Brasil é cheio de amantes da música? Qualquer outro amante de música deveria ter aula com vocês. Vocês têm fogo, paixão, uma coisa que eu nunca vi. Já estive ao redor do mundo e é totalmente diferente aqui“.

 

Teve algum outro show que você curtiu? Conta aqui pra gente!

Por: Ana Clara Turchetti